top of page

POR QUE ALGUNS BRASILEIROS ANDAM VOLTANDO DE PORTUGAL?

Atualizado: 13 de mai.


Recentemente, alguns artigos foram publicados anunciando a volta de brasileiros que emigraram para Portugal. Nas redes sociais, grupos supostamente de apoio a brasileiros, anunciam que estão arrependidos de terem vindo. As coisas não correram bem. Portugal não é o paraíso que imaginavam. Um paraíso? Como assim?

Antes de mais, gostaria de informar que não são muitos os que voltam, considerando o número, ainda crescente, desses que estão a vir. Depois, é importante considerar que há sempre uma certa quantidade de casos em que a emigração vai falhar. Em algumas vezes, é um verdadeiro desastre financeiro e psicológico, perfeitamente evitável com um bom planejamento e suporte local.

Há muitas razões para este falhanço: estilo de vida no Brasil e tentativa de replicá-lo em Portugal, objetivos de vida, expectativas equivocadas, falta de planejamento – nomeadamente financeiro e da escolha da cidade para viver - desconhecimento de Portugal, e salto no escuro com emigração de alto risco. Só para ter um exemplo, outro dia conheci um brasileiro que emigrou como turista com 700 euros no bolso…. Para mim uma verdadeira roleta russa, só que em vez de apenas uma bala no tambor de seis, seria com cinco balas nas mesmas seis.

Por incrível que pareça, hoje ele já mora com um amigo, já tem 1500 euros no banco e já está empregado, dando entrada no seu visto pela lei da Manifestação de Interesse. Uma aventura com o golpe de sorte, ou o cara é mesmo bom. Mas tinha tudo para dar errado. Desaconselhamos vivamente este movimento irresponsável e inconsequente.

Mas esta é a forma correta? É Portugal que não oferece boas oportunidades? O problema está em Portugal ou no emigrante? Você faria desta forma?

Emigração é um projeto. Demanda um diagnóstico do emigrante, objetivos claros e atingíveis, um mapeamento do país, um cronograma de ação, projeções financeiras e apoio local. E uma estratégia de entrada bem pensada e articulada.

No Facebook também um rapaz afirmava que tudo tinha dado errado. Entrei na conversa e perguntei o que era esse tudo. E foi desolador. Perguntei por que ele tinha vindo e ele me disse que “buscou informações na rede – que não se consubstanciaram – muitas pessoas opinaram pelo caminho seguido e chegando aqui não era bem o que haviam dito”. Buscou informações na rede? Como assim? Todas as pessoas são credíveis? As in formações reais e confiáveis? Assim não dá. É brincar com o futuro ou hipotecá-lo…

Não dá para ser amador num processo que pode ser o mais importante de uma vida. Para o bem ou para o mal.


Setúbal, 18 de agosto de 2022

Renato Leal


Caso queira emigrar para Portugal, não deixe de nos contactar.

renatoleal.portugalsim@gmail.com

+351910937387


Kommentare


bottom of page